7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu - Ah ti peguei !!!

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu

Muitos truques que aprendemos na escola realmente são mestres e por algum motivo a gente acaba esquecendo deles, vamos lembrar?


7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)

Os tempos de escola são mágicos. Da infância a juventude, vamos aquele lugar mágico que nos apresenta os conhecimentos básicos do mundo.

O colégio é o nosso primeiro ambiente de socialização, que ajuda a formar nossa personalidade e a forma como vamos lidar com a comunidade pelo resto da nossa vida. Com tanta importância, é impressionante que tantos conhecimentos que aprendemos por lá, sejam esquecidos. Vários truques ficam pelo caminho.

Muitos desses ensinos e truques que aprendemos na escola, são muito fáceis. Além de serem de tamanha importância na nossa vida, eles nunca irão perder sua importância.

Acontece que muitos desses truques, mesmo se não esquecidos, são encarados como ultrapassados. torna-se comum ver alguém chama-los de truques do tempo da vovó.

Cientes da importância desses truques, fizemos uma lista para que você possa relembra-los, e encarar a validade deles novamente.

Confira 7 truques que funcionam e você esqueceu:

1. Determinar quanto tempo para o pôr do sol

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Hoje nós temos relógios em todos os cantos. Mesmo que você não use relógio de pulso, seu celular vai sempre te mostrar se o dia está acabando. Mas se algo acontecer, e você se perder em um local isolado, sem contato com horas, você pode determinar quanto tempo está faltando para o pôr do sol.

É simples. Junte os seus dedos e estique a mão de um jeito que o sol fique ’deitado’ sobre o dedo indicador. Agora calcule a quantidade de dedos até a linha do horizonte. Cada dedo corresponde a aproximadamente 15 minutos para o sol se pôr.

2. Saber quantos dias há em cada mês

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
É complicado lembrar se um mês tem 30 ou 31 dias. Para não precisar ficar olhando na agenda toda hora, pode sempre olhar suas mão, com o punho fechado.

Se você quer saber quais meses são 31 dias, e quais são menos, aperte a mão fechada e comece a contar os meses nas juntas dos dedos. Cada “nó” (ou articulação) e buraco representam um mês.

Se contar com uma mão, ao chegar no final, continue contando a partir da articulação do dedo indicador. Comece em janeiro, que tem 31 dias, a partir da articulação. Cada buraco é um mês com menos dias.

3. Lua crescente ou minguante

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Talvez você tenha se esquecido, porém é fácil saber se a lua é crescente ou minguante com o alfabeto. Para explicar para alguém se a Lua no céu é crescente ou minguante, peça para ’desenhar’ uma meia lua vista no céu.

Se o resultado for a letra “C”, a Lua é Crescente; se lembrar um ’D’ é ’Decrescente’ ou minguante.

4. Qualidade da pilha

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Talvez você não se lembra – ou saiba – mas é possível diferenciar uma boa pilha de uma ruim. Levante duas pilhas a 1 ou 2 cm da mesa e as solte. A pilha que bater e cair não tem mais carga. Teste agora.

5. Multiplicar com dedos

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Decoramos a tabuada, então multiplicamos a toda hora na nossa mente. Você também pode fazer isso com a mão, se for com 6, 7 e 8. É assim: vire as mãos com as palmas voltadas para você e enumere cada dedo, começando pelo dedo mínimo de 6 a 10.

Agora, por exemplo, para multiplicar 7 por 8 junte o dedo 7 da mão esquerda com o dedo 8 da mão direita. A quantidade de dedos abaixo dos dedos unidos corresponde às dezenas (aqui temos 5).

E os dedos que estiverem acima devem ser multiplicados entre si: são unidades (no nosso caso é de 3×2). A resposta é: 7×8 = 56. Desta forma, você consegue multiplicar rapidamente por 6, 7 e 8.

6. Comprimento

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Você não precisa de uma régua, se tem a mão para medir um objeto. A distância entre as pontas do dedão e do índice é igual a cerca de 18 cm e a distância entre o dedão e o dedo mínimo é de aproximadamente 20 cm.

Existem diferenciações, porque cada pessoa tem mãos de diferentes tamanhos. Mas pode ser útil, se precisa medir um objeto grande e só possuir uma régua pequena: simplesmente meça a distância entre os dedos, antes de usar esta dica.

7. Quantos graus tem um angulo

7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
7 truques aprendidos na escola que funcionam e você esqueceu (Imagem: Reprodução/Incrível)
Separe os dedos o máximo que conseguir e coloque a mão sobre a superfície onde precisa medir o ângulo. O dedo mindinho deve estar no plano mais baixo: igual a 0º.

O ângulo entre o dedão e o mindinho é igual a 90°. Já os outros ângulos entre o mindinho e os outros dedos são, respectivamente, 30°, 45° e 60°.

E aí, você gostou dessa matéria deixe nos comentários?