10 erros comuns que atrapalham o rank de qualquer site - Ah ti peguei !!!

10 erros comuns que atrapalham o rank de qualquer site

Para que um site ou blog possa estar sempre pronto para ranckear nos motores de busca cada vez mais, é preciso seguir algumas regras básicas.


10 erros comuns que atrapalham o rank de qualquer site (Imagem: Reprodução/Agência Trato)
10 erros comuns que atrapalham o rank de qualquer site (Imagem: Reprodução/Agência Trato)

O poder da internet já não é mais segredo para ninguém, com ela é possível criar os mais diferentes tipos de sites.

Quando a internet surgiu, criar um site era algo muito complexo e dependia da compreensão de algoritmos específicos, além disso, os recursos suportados, se resumiam a pequenas imagens, cores de fundo e de texto e gifs.

Hoje em dia, a criação de sites possui diversos recursos a seu favor e essa atividade se tornou tão simples que praticamente qualquer pessoa com um mínimo de prática no manuseio do computador consegue ter seu próprio site.

Mas quantidade e facilidade não são sinônimos de qualidade, com isso, vemos diversos sites que até apresentam uma proposta interessante, mas que possuem erros estruturais que em vez de atrair internautas, acabam afastando-os.

Se você possui um site/blog ou pretende criar um, conheça os 10 erros mais comuns que devem ser evitados:

1. Informações escondidas

É óbvio que ninguém esconde informações propositalmente, o que ocorre é que às vezes a localização e o posicionamento das informações de um site ficam em locais pouco visíveis ou mesmo com cores de pouco destaque.

Há também os casos onde informações mais procuradas ficam em subpáginas, essa estratégia é muito utilizada com o campo endereço, e serve para diminuir a rejeição das páginas.

Permita que sua página inicial seja esclarecedora para seus usuários, estude cuidadosamente onde posicionar os textos, bem como as posições dos links das páginas.

2. Muito texto e pouca interatividade

Estamos na idade líquida, momento descrito por Zygmunt Bauman, caracterizado pela velocidade e interação das pessoas com as informações. Nessa fase da humanidade, sabe-se que a atenção do indivíduo não ultrapassa os 20 minutos.

É preciso chamar a atenção das pessoas, dessa forma é preciso evitar textos muito extensos, ao mesmo tempo que proporciona uma coleção de imagens e vídeos que se identifiquem com o conteúdo apresentado.

Uma interação maior pode ser feita com o uso de enquetes. Mas não abuse, muita interatividade dispersa a atenção do usuário, fazendo-o sair do objetivo principal do seu site. Veja o próximo item.

3. Poluição visual

O uso descontrolado de ferramentas interativas podem e acarretam em dispersão do seu público-alvo. Sites com dezenas de pop-ups, gifs, vídeos e imagens podem acabar afastando até mesmo aquele seu amigo fiel que prometeu entrar em seu site todos os dias.

4. Ter um site pesado

Você quer expulsar seus usuários? Então dê para eles sites que demoram para carregar. Pior do que ler textos gigantes é ficar esperando um site carregar.

A expectativa, o sentimento de tempo perdido e as diversas distrações que o ambiente web proporciona, sem dúvida serão ótimos ladrões de acessos. Abuse de links e sublinks para detalhar notícias mais longas.

Vale lembrar que sites criados em Flash tendem a ser mais demorados para carregar, uma vez que para seu início é preciso estar com todos os arquivos já preparados.

5. Imagens inadequadas

A internet é praticamente infinita, nela e possível inserir quase toda forma de materiais, dados de informação. Mas isso não significa que seu site pode comportar qualquer tipo de imagem, aliás, se você quiser causar uma boa impressão para o seu leitor, é bom dedicar algum tempo na escolha da imagem certa.

Uma boa imagem é aquela que:

>Possui dimensões compatíveis com o layout da página.
>Transmite a ideia do conteúdo apresentado.
>Tem tamanho (quantidade de bytes) compatível com a velocidade da internet de seus usuários.

6. Apresentar bugs

Você há de concordar que ninguém na face da Terra gosta de produtos com mal funcionamento. No caso da internet o mesmo ocorre, e pode-se dizer que ocorre com uma intensidade maior.

Bugs de links, gifs que não rodam corretamente, desproporção do layout ou até mesmo desaparecimento de conteúdos, sem mais nem menos. Às vezes, os bug são causados pela incompatibilidade entre navegadores.

Por isso para que tudo ocorra de forma satisfatória, realize testes constantes e estimule seus usuários a reportarem erros.

7. Mal gosto com a combinação de cores

Lembre-se, um site não é feito para atender às vontades de seu dono, e sim para satisfazer o usuário. Por isso, é preciso escolher cores por seus efeitos sobre o usuário e não como forma de expressar a sua visão de mundo.

Não que compartilhar sua visão seja ruim, porque em alguns casos é o que dita o sucesso do site, no entanto, como tratar de combinação de cores é algo que poucos entendem, o melhor que você faz é estudar quais as cores mais indicadas para o seu nicho de mercado e público-alvo.

8. Links quebrados

Links quebrados podem levar o seu público para uma viagem sem volta. Para que seu site esteja isento de links quebrados, faça verificações mensais ou semanais, dependendo do fluxo de usuários em seu site.

Para isso, existem no mercado diversos aplicativos que realizam uma inspeção em seu site e alertam quando algum link está quebrado.

9. Mas isso é um link?

Você pode saber que inseriu um endereço em uma frase, fazendo dela um link, mas como o seu usuário pode saber disso?

O erro mais comum que encontramos na web são links que não são identificados pelos usuários, isso se deve à falta das características padrão de um link, cor azul e texto sublinhado. É importante especificar claramente onde deve ser clicado.

10. Erros de português

Um erro ou outro é até compreensível, mas uma série de erros ortográficos com certeza expulsará qualquer leitor do seu site.

Outro problema que o excesso de erros gramaticais causa é a desvalorização do conteúdo do seu site, que até pode ser interessante, mas passará por irrelevante se possuir muitos erros gramaticais.

Você evita esses erros em seu site? Compartilhe conosco nos comentários!

Via: ID7