Inteligência artificial que é capaz de prever roubos com antecedência - Ah ti peguei !!!

Inteligência artificial que é capaz de prever roubos com antecedência

Imagina que um criminoso está prestes a realizar um roubo, mas uma nova tecnologia da polícia italiana avisa as autoridades antes que isso ocorra de fato.


Inteligência artificial que é capaz de prever roubos com antecedência (Imagem: Reprodução/Internet)
Inteligência artificial que é capaz de prever roubos com antecedência (Imagem: Reprodução/Internet)

Obras de ficção científica já mostraram como poderia ser possível a previsão de crimes por meio de algoritmos. Isso pode ser um pouco arriscado, mas se bem utilizado, pode ajudar bastante a polícia no combate à criminalidade e à violência.

Pois um sistema inteligente com base em um algoritmo foi inventado na Itália, mais precisamente na cidade de Nápoles, e tem como objetivo prever quando crimes serão cometidos. A cidade é o polo tecnológico da polícia italiana e não é por menos: Nápoles é o berço de organizações criminosas mafiosas, como a Camorra.


Prevendo o futuro

Essa tecnologia, batizada de X-Law, ajudou a polícia a prender um homem em uma cidadezinha perto de Veneza. O criminoso, de 55 anos, foi pego em flagrante após ter arrombado uma porta de vidro de um edifício às 3h45 da manhã e rumava para o caixa para roubar o dinheiro.

O algoritmo do X-Law é capaz de informar a cada meia hora onde é mais possível que um crime aconteça após analisar uma quantidade enorme de relatos de ocorrências

A ação foi denunciada pelo porteiro do prédio, porém, a polícia só conseguiu estar no local com a velocidade necessária para prender o homem em flagrante graças ao monitoramento do X-Law, cujo algoritmo “previu” que haveria um roubo daquela maneira, naquele local e naquele horário. O criminoso, com uma ficha prévia extensa, foi preso.

Segundo explicou a polícia italiana, o algoritmo do X-Law é capaz de informar a cada meia hora onde é mais possível que um crime aconteça após analisar uma quantidade enorme de relatos de ocorrências. Com isso, o sistema, que vem sendo desenvolvido há 20 anos, consegue prever onde algo pode acontecer.

Caso o sistema continue obtendo o sucesso já apresentado, ele pode passar a ser usado pela polícia do país inteiro.

Fonte: Megacurioso