Esta é a geração que menos faz 'amor' desde 1920


Nossa geração (nascidos entre 1980 e 1990), é, segundo um estudo publicado na revista científica "Archives of S3xual Behavior", a mais sexualmente inativa de todos os tempos.

Isso quer dizer que a faixa etária de 27 a 37 anos, é a que menos tem relações. Além disso, o estudo mostrou que nos anos 1960, os jovens tinham sua primeira relação muito mais cedo do que os jovens entre 2010 e 2017.




A pesquisa sugere que, entre os nascidos nos anos 60, a taxa de pessoas sexualmente inativas era de 6%, enquanto isso, os nascidos entre 1980 e 1990, o índice subiu para cerca de 15%.

Tais resultados, surpreenderam até mesmo os experts no assunto. Ao que parece, nossos recursos tecnológicos, aplicativos de paquera e encontros, e a liberdade de ir e vir das moças e rapazes, não garantiu que nós transássemos mais do que nossos pais ou avós.

Outro estudo divulgado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), revelou que 41% dos estudantes do ensino médio ainda não tinham tido relações carnais, em comparação com 54% em 1991. O que reafirma que os nascidos nos anos 80 e 90 são mesmo menos ativos.

Opinião dos Pesquisadores

A geração atual, conhecida como geração "Y", tem hoje um acesso integral à Educação sexual. “Talvez a consciência sobre doenças transmitidas durante o coito. Outra razão, pode ser a facilidade no consumo de material sexual”, disse o psicólogo Ryne Sherman, um dos autores do artigo.

Bom caros leitores... as pesquisas acima deixam claro que essa geração realmente não está priorizando mais as relações sexuais como antigamente, talvez seja por caso da tecnologia que cada vez mais está presente em nossas vidas, como celulares e computadores.

E você? Qual sua opinião? Deixe seu comentário logo abaixo, nós queremos saber!





Agradecimentos à fonte: Diário de Biologia